ARTE


A arte e o vinho sempre tiveram uma relação próxima, mas nunca estiveram tão próximos como na Quinta dos Vales Wine Estate, onde podem ser apreciadas desumbrantes esculturas juntamente com vinhos premiados de alta qualidade. Encontrará mais de uma centena de peças em diferentes estilos, materiais e tamanhos - alguns até 6,5 m de altura – espalhados por diversos locais da propriedade.

Entre a arte e o vinho existe uma grande simbiose, e a razão para tal é muito fácil de explicar: nem o vinho nem a arte são simples prazeres. Há uma qualidade fundamental para a apreciação de ambos: paciência.

As ideias por detrás da nossa arte única são as mesmas que impulsionam a evolução do vinho: ambos estão ligados ao tradicional, mas existe a necessidade de explorar novas experiências, limites e direções.


Proprietário e criador da Quinta dos Vales, Karl Heinz Stock é desde há muito um empresário aventureiro. E as suas competências não se limitam aos negócios. Apesar do seu toque artístico, prefere não ser apelidado de artista, mas sim apenas alguém que desenvolve a ideia, tanto na arte como nos negócios relacionados com empreendimentos.

A arte, especialmente a de esculpir, foi durante muito tempo um passatempo seu, desde que estudava Economia. Ao progredir na carreira no setor bancário, continuou a alimentar a sua creatividade através da escultura.

Este seu hobbie, juntamente com a sua paixão pelo vinho, resultou naquilo que é a Quinta dos Vales atualmente – uma propriedade vinícola absolutamente única com centenas de esculturas coloridas numa exposição ao ar livre.


Pode surpreender-se ao saber que estas esculturas nem sempre foram uma colecção fixa na Quinta dos Vales. A partir de 2009, realizou-se um total de 25 exposições públicas e privadas em todo o país, em locais como centros urbanos, museus tal como emitido em diversos canais ingleses, alemães, holandeses e portugueses. Estes incluíram as instalações artísticas das Graces, a árvore de Elefante, Reunião dos Touros e também instalações de esculturas, pintadas, criadas em conjunto com mais de 30 artistas convidados, como Dança dos Ursos e Paixão.

Globos Multifacetados

Na exposição "Globos Multifacetados", que se centra na unidade e diversidade do nosso planeta entre os cinco continentes, podemos ver 15 diferentes globos pintados que nos transportam para os lugares mais escondidos, não só educando-nos para as várias formas de vida, mas também despertando-nos para a sustentabilidade e situação ambiental global através dos olhos de 12 artistas multiculturais que se juntaram a Karl Heinz Stock para implementar este projeto.

Dança dos Ursos

“A Dança dos ursos” o “A viagem de dez mil milhas começa com o primeiro passo”

Neste projeto o artista, Karl Heinz Stock, criou esculturas muito semelhantes, mas ainda assim únicas, e convidou 26 talentosos pintores e artistas de mosaico de vários países com diferentes nacionalidades e origens para fazer a sua própria interpretação do tema “Evolution”. Esta era a única diretriz geral, além disso os artistas eram livres em sua expressão artística. O aspecto multicultural foi um elemento importante no projeto, uma vez que provou ser mente-abertura e aumentou o espectro de experiências. A transformação de pinturas bidimensionais e mosaicos em escultura-pinturas tridimensionais foi uma nova experiência emocionante para todos os participantes, e vários artistas decidiram durante o processo fazer mais de um ou dois ursos! Alguns podem até ter encontrado uma nova direção em que desenvolver suas habilidades artísticas.

Dança dos Ursos

Passion

Paixão significa muitas coisas para muitas pessoas. Mas qualquer que seja o significado, a vida baseia-se na paixão. É esta emoção profunda e esmagadora que inspirou uma das exposições da Quinta dos Vales, trazida até si pelo escultor. Este tema abrangente é o que nos torna únicos e diversificados e nos ajuda a alcançar ou realizar o que mais desejamos. O projeto “Paixão”, o sucessor do bem sucedido “Dança dos Ursos”, é apenas isso: uma oportunidade para os artistas, movidos pela paixão, de interpretar este tema universal muito livremente, usando a escultura tridimensional em forma animal como meio para partilhar as suas interpretações pelo país. Um projeto único que invoca muitas leituras, não é surpresa o facto de que se tenha descoberto um amplo espectro de interpretações muito próprias. Cada peça continua a ser um trabalho individual, mas, no entanto, todos eles têm um ímpeto especial devido às expectativas que os artistas têm de si e da equipa como um todo.

Passion

Graces

Estes trabalhos são geralmente baseados em fortes elementos orgânicos, que o artista vê como a melhor interpretação de mulheres encorpadas. As Graces, figuras femininas curvilíneas com formas proeminentes e voluptuosas, parecem desafiar a gravidade e flutuar como bailarinas em movimento, mantendo o equilíbrio muito delicado entre opulência e leveza. Este conjunto de esculturas pode ser encontrado em diferentes formas, de uma dança fluída a um equilibrismo desafiador que parece superar todos os obstáculos; e abundantes são também os materiais de que estas podem ser feitas. As Graces de menor dimensão são produzidas em cerâmica e bronze; as maiores, feitas de fibra de vidro e resina de poliéster, podem ter de 85 centímetros a 6 metros de altura, uma decoração maravilhosa para um pequeno jardim ou uma propriedade extensa.

Art Catalogue